!! As (revira)voltas de duas manas, depois da partida de alguém muito especial..... !! As (revira)voltas de duas manas, depois da partida de alguém muito especial..... !!

.às voltas desde Faro

as_xikas[at]sapo.pt

às voltas connosco

online

.ultimas voltas

. De do do do De da da da

. em cheio

. message in a bottle

. Ah Fadistas!

.revirar no blog

 

.fotos da xika


www.flickr.com
This is a Flickr badge showing public photos from xika. Make your own badge here.

.mapas

. todas as tags


Click for Faro, Portugal Forecast




Locations of visitors to this page

Directory of Personal Blogs

Estou no Blog.com.pt



.revira-voltas

As (revira) voltas de duas manas, depois da partida de alguém muito especial...

Terça-feira, 2 de Outubro de 2007

De do do do De da da da

Foi mais um concerto memorável.
 
Apesar do frio e do vento, foi uma noite inesquecível, ouvir ao vivo musicas que nos acompanham durante anos e fazem recordar momentos das nossas vidas, que não queremos esquecer.
 
As palavras simpáticas do Sting depressa fizeram esquecer os monitores desligados e o som inicial, cantamos dançamos e gritamos ao som de Next to you, So lonely Don’t strand so close to me, Walhinkg on the moon,  Do do do Da da da e claro Roxane, mas foi difícil acompanhar tantos iós e iás. Os rapazes mostraram estar bem em forma principalmente o Sting 
 
Parabéns ao moço que faz hoje 57 anitos.
 
 
A viagem já se sabe – uma aventura
 
Deixamos a carroça na Cova da Piedade e fomos de transportes até ao Jamor, ainda tivemos tempo para comer um bitoque e ver os ensaios dos Lobos contra a Roménia – e conseguimos nos safar de comer um panelão de conquilhas que o Lobo Prof. encontrou à saída.
 
A subida a pé até ao estádio acabou comigo, nem nas marchas andei tanto nem levei tanta cotovelada de quem queria chegar primeiro! E por pouco não fiquei no relvado Vip com a Pitau.
O timming foi perfeito – os moços até esperaram 15 minutos para subirem ao palco e nos dar tempo de atestar as imperiais.
 
Antes do regresso a casa ainda nos fomos alimentar nas docas, mas o caldo verde da 24 Julho fica para a próxima.
Apanhamos os táxis do Vladimir, que nem sabia onde ficava Almada e do OJ Simpson e embarcamos numa viagem alucinante que acordou a Mãe Galinha - folow the leader.
 
O mais difícil foi abrir a porta do prédio, não pelo estado geral nem pelo frio – tinham mudado a fechadura!
 
E a música centenária do bus era esta!!
 
estou....:


Segunda-feira, 1 de Outubro de 2007

em cheio

É impressionante a capacidade de recuperação que temos quando se avizinha um fim-de-semana recheado de borga e de boa companhia.
Deixei a gripe em casa e sai com o anti-gripe as membocainas e os agasalhos.
 
Assim que sai do trabalho apanhei os adolescentes, e o Kiko (pois a avó foi descansar para outras paragens e fiquei de canisister ) passamos no Modelo e carregamos a carroça e s 21:00 já estávamos sentados na esplanada da bomba de gasolina em Santa Clara a Velha, com a Mãe Galinha, o Prof., o Rebento, o Barman e a Broa, que já estavam super-cansados de esperar por nós .
 
O resto da malta foi à barragem no sábado de manhã (uns cortes) , pois o Primo preparou uma açorda de marisco de chorar por mais, a vinhaça do Zyan também fez sucesso - pena os 5 litros de Esporão não durarem 3 dias, os Bobs não quiseram perder a oportunidade de conhecer a Villa Lamprina e não vão esquecer a boleia que a o Chefe lhes deu no regresso a casa com a bagageira carregada.
 
Aproveitamos o sol, para uma volta de canoa, com os adolescentes, a Mãe Galinha e o Cascão ainda se atiraram à água mas a Lady Bug nem teve hipótese de escolha, o regresso nem foi mais rápido mesmo com a corrente e o cachão a canoa só dava em seco.
 
O Orelhas e a Cat quando chegaram tiveram direito a uma recepção que fez mossa, na próxima devem vir num blindado – a alegria de os ver fez com que houvesse uma explosão de amolgadelas, a 4L ficou … com um modelo diferente. Será que isso não valoriza mais a relíquia?!?
Já a recepção ao Babas e à Mary teve uma mossa diferente, mas também foi pesada.
 
O final da noite foi dedicada ao Sensor e as suas teorias engenheiro-capataz , o Barmen e o Orelhas estavam imparáveis para nos fazer dar umas boas gargalhadas, e a busca do Moscatel ainda fez com que a Prima saltasse do saco-cama.
A manhã seguinte foi dura, pois as insónias da noite desforram-se das pestanas pesadas da manhã. Este pessoal não aprende a dormir com os seus olhos, né ?!
 
A chuvada de domingo alagou a nova "auto-estrada"  e as manas custaram a chegar como peixe para assar, os grelhadores forçados ficaram completamente encharcados, mas o peixinho estava uma delicia.
 
 O Badé e o Greg aproveitaram todas as hipóteses para se enfiarem nas poças, nem a Broa os acompanhava.
A viagem de regresso foi muito atribulada, mesmo com cuidado, a carroça dedicou-se à patinagem e teimou em enfiar-se numa valeta sem fundo, nunca pensei conseguir saltar da viatura com tanta rapidez, pronto a valeta deveria ter uns 40 cm mas mesmo assim foi um exercício que não quero voltar a repetir. Valeu a corda do Sr. Dimas para nos rebocar, grande amigo o Sr. Dimas !
Outro fim-de-semana bem passado, fica sempre a vontade de voltar.
estou....:


Segunda-feira, 24 de Setembro de 2007

message in a bottle

 

 

faltam 24 horas...

 

Já estou com nervoso miudinho, as expectativas para o concerto são muitas.

 

Acho que amanhã assim que sair vou logo ter com a malta , temos que nos preparar para ficarmos  So Lonely ".

 

estou....:
ouvindo:: a cantar: message in a bottle

revirado por Xika às 21:38

link da volta | revira voltas | volta aos favoritos
|

Segunda-feira, 12 de Março de 2007

Ah Fadistas!

 

Conforme prometia o convite do Primo, a festa foi de arromba.

O cinquentão metaleiro decidiu levar os trintões roqueiros a ouvir fado na Adega Nunes nos Machados.

 

Depois das entradas, devoramos a açorda de galo e o porco no forno e tudo bem regado com o vinho tinto (acho que era meio carrascão).

O bolo que a Pitau levou fez tanto sucesso no "seio" masculino, que andava passeando nas mesas da sala do lado (o nosso medo é que o comessem) mas chegou inteirinho à mesa para felicidade do Primo.

 

Silêncio que se vai cantar o fado!

 

Bolas não podiam ter começado sem nos mandar calar - é mais forte do que eu, e a gargalhada foi contagiante, nem eu nem a Padrinha nos conseguímos controlar. Também a letra da música não ajudava muito.

O que nos safou foi que o Chefe, o Padrinho, o Prof e o Babas cantaram o refrão bem alto! Os moços estavam disfarçados sabiam as músicas todas e faziam coro com os manos Vitor , Manel e Pedro, ainda havia mais manos mas não me consigo lembrar dos nomes.

 

Adorei ouvir a Lady Bug , acompanhada pelo pai aniversariante.

 

Mas não saímos de lá sem o "Bro" Pedro tocar o Homem do Leme e a Casinha, claro que por essa altura já tínhamos afugentado os resto dos clientes e o auge da actuação do "Bro" foi a versão UHF da Menina estás á Janela.

Também foi inesquecível a actuação do "Bro Vitor  Colorau" - nem a Mãe Galinha nem a  Mary  conseguiam parar de o aplaudir, depois de tantos fados convidaram-nos a sair pois já eram quase 3 da manhã e mais umas horas lá mudávamos o nome do sitio para Rock na Adega.

 

O resto da madrugada foi aqui na aldeia mesmo, nas provas dos sabores da Feiteira , Monchique e S. Barnabé.

E quando o aniversariante começou a ficar "sozinho" a Prima levou-o para casa!

 

Espero que nos deixem lá voltar, pois a noite de fados foi 5*

 

estou....: em recuperação
ouvindo:: sshhh



.Janeiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.voltas obrigatórias

.nas voltas connosco



referer referrer referers referrers http_referer



eXTReMe Tracker

.às voltas desde Faro

As (revira) voltas de duas manas, depois da partida de alguém muito especial...

.subscrever feeds