!! As (revira)voltas de duas manas, depois da partida de alguém muito especial..... !! As (revira)voltas de duas manas, depois da partida de alguém muito especial..... !!

.às voltas desde Faro

.ultimas voltas

. em cheio

.revirar no blog

 

.mapas

. todas as tags

.revira-voltas

As (revira) voltas de duas manas, depois da partida de alguém muito especial...

Segunda-feira, 1 de Outubro de 2007

em cheio

É impressionante a capacidade de recuperação que temos quando se avizinha um fim-de-semana recheado de borga e de boa companhia.
Deixei a gripe em casa e sai com o anti-gripe as membocainas e os agasalhos.
 
Assim que sai do trabalho apanhei os adolescentes, e o Kiko (pois a avó foi descansar para outras paragens e fiquei de canisister ) passamos no Modelo e carregamos a carroça e s 21:00 já estávamos sentados na esplanada da bomba de gasolina em Santa Clara a Velha, com a Mãe Galinha, o Prof., o Rebento, o Barman e a Broa, que já estavam super-cansados de esperar por nós .
 
O resto da malta foi à barragem no sábado de manhã (uns cortes) , pois o Primo preparou uma açorda de marisco de chorar por mais, a vinhaça do Zyan também fez sucesso - pena os 5 litros de Esporão não durarem 3 dias, os Bobs não quiseram perder a oportunidade de conhecer a Villa Lamprina e não vão esquecer a boleia que a o Chefe lhes deu no regresso a casa com a bagageira carregada.
 
Aproveitamos o sol, para uma volta de canoa, com os adolescentes, a Mãe Galinha e o Cascão ainda se atiraram à água mas a Lady Bug nem teve hipótese de escolha, o regresso nem foi mais rápido mesmo com a corrente e o cachão a canoa só dava em seco.
 
O Orelhas e a Cat quando chegaram tiveram direito a uma recepção que fez mossa, na próxima devem vir num blindado – a alegria de os ver fez com que houvesse uma explosão de amolgadelas, a 4L ficou … com um modelo diferente. Será que isso não valoriza mais a relíquia?!?
Já a recepção ao Babas e à Mary teve uma mossa diferente, mas também foi pesada.
 
O final da noite foi dedicada ao Sensor e as suas teorias engenheiro-capataz , o Barmen e o Orelhas estavam imparáveis para nos fazer dar umas boas gargalhadas, e a busca do Moscatel ainda fez com que a Prima saltasse do saco-cama.
A manhã seguinte foi dura, pois as insónias da noite desforram-se das pestanas pesadas da manhã. Este pessoal não aprende a dormir com os seus olhos, né ?!
 
A chuvada de domingo alagou a nova "auto-estrada"  e as manas custaram a chegar como peixe para assar, os grelhadores forçados ficaram completamente encharcados, mas o peixinho estava uma delicia.
 
 O Badé e o Greg aproveitaram todas as hipóteses para se enfiarem nas poças, nem a Broa os acompanhava.
A viagem de regresso foi muito atribulada, mesmo com cuidado, a carroça dedicou-se à patinagem e teimou em enfiar-se numa valeta sem fundo, nunca pensei conseguir saltar da viatura com tanta rapidez, pronto a valeta deveria ter uns 40 cm mas mesmo assim foi um exercício que não quero voltar a repetir. Valeu a corda do Sr. Dimas para nos rebocar, grande amigo o Sr. Dimas !
Outro fim-de-semana bem passado, fica sempre a vontade de voltar.
estou....:



.Janeiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.voltas obrigatórias

.às voltas desde Faro

As (revira) voltas de duas manas, depois da partida de alguém muito especial...

.subscrever feeds