!! As (revira)voltas de duas manas, depois da partida de alguém muito especial..... !! As (revira)voltas de duas manas, depois da partida de alguém muito especial..... !!

.às voltas desde Faro

.ultimas voltas

. em cheio

. de regresso a casa

. Uma volta a repetir

. pic-nic da Cat

. Zuma Záscoa ziferente

. Ah Fadistas!

. Parabéns

. Reunião

.revirar no blog

 

.mapas

. todas as tags

.revira-voltas

As (revira) voltas de duas manas, depois da partida de alguém muito especial...

Segunda-feira, 1 de Outubro de 2007

em cheio

É impressionante a capacidade de recuperação que temos quando se avizinha um fim-de-semana recheado de borga e de boa companhia.
Deixei a gripe em casa e sai com o anti-gripe as membocainas e os agasalhos.
 
Assim que sai do trabalho apanhei os adolescentes, e o Kiko (pois a avó foi descansar para outras paragens e fiquei de canisister ) passamos no Modelo e carregamos a carroça e s 21:00 já estávamos sentados na esplanada da bomba de gasolina em Santa Clara a Velha, com a Mãe Galinha, o Prof., o Rebento, o Barman e a Broa, que já estavam super-cansados de esperar por nós .
 
O resto da malta foi à barragem no sábado de manhã (uns cortes) , pois o Primo preparou uma açorda de marisco de chorar por mais, a vinhaça do Zyan também fez sucesso - pena os 5 litros de Esporão não durarem 3 dias, os Bobs não quiseram perder a oportunidade de conhecer a Villa Lamprina e não vão esquecer a boleia que a o Chefe lhes deu no regresso a casa com a bagageira carregada.
 
Aproveitamos o sol, para uma volta de canoa, com os adolescentes, a Mãe Galinha e o Cascão ainda se atiraram à água mas a Lady Bug nem teve hipótese de escolha, o regresso nem foi mais rápido mesmo com a corrente e o cachão a canoa só dava em seco.
 
O Orelhas e a Cat quando chegaram tiveram direito a uma recepção que fez mossa, na próxima devem vir num blindado – a alegria de os ver fez com que houvesse uma explosão de amolgadelas, a 4L ficou … com um modelo diferente. Será que isso não valoriza mais a relíquia?!?
Já a recepção ao Babas e à Mary teve uma mossa diferente, mas também foi pesada.
 
O final da noite foi dedicada ao Sensor e as suas teorias engenheiro-capataz , o Barmen e o Orelhas estavam imparáveis para nos fazer dar umas boas gargalhadas, e a busca do Moscatel ainda fez com que a Prima saltasse do saco-cama.
A manhã seguinte foi dura, pois as insónias da noite desforram-se das pestanas pesadas da manhã. Este pessoal não aprende a dormir com os seus olhos, né ?!
 
A chuvada de domingo alagou a nova "auto-estrada"  e as manas custaram a chegar como peixe para assar, os grelhadores forçados ficaram completamente encharcados, mas o peixinho estava uma delicia.
 
 O Badé e o Greg aproveitaram todas as hipóteses para se enfiarem nas poças, nem a Broa os acompanhava.
A viagem de regresso foi muito atribulada, mesmo com cuidado, a carroça dedicou-se à patinagem e teimou em enfiar-se numa valeta sem fundo, nunca pensei conseguir saltar da viatura com tanta rapidez, pronto a valeta deveria ter uns 40 cm mas mesmo assim foi um exercício que não quero voltar a repetir. Valeu a corda do Sr. Dimas para nos rebocar, grande amigo o Sr. Dimas !
Outro fim-de-semana bem passado, fica sempre a vontade de voltar.
estou....:


Terça-feira, 11 de Setembro de 2007

de regresso a casa

 

A malta já voltou!!

 

 

A Pitau e o Chefe quiseram repetir a viagem do ano passado, recordar a lua-de-mel e tal.

Mas desta vez levaram a comitiva toda: Ave Rara, Badé Prima, Primo, Lady Bug , Padrinho e a  Katty  (é que o Chefe tem uma noção de romantismo ... diferente)

 

Durante os dias que estiveram no bem bom, eu e a Mãe Galinha tivemos de alimentar duas criaturas famintas que não puderam viajar.

Assim todo o santo dia, por volta das 6 da tarde, era quem mais podia correr para a varanda da Pitau , é que o frigorifico estava abastecido e a vista para a ria é espectacular.

Até a Carocha alinhava na romaria e assim que o Prof. descobriu o novo spot também não faltava às reuniões.

 

Foram uns finais de tarde muito refrescantes, fora o susto do 1º dia em que não encontrávamos o abre garrafas (acho que alguém o escondeu!!) e os dias que esquecemos de abastecer o comedouro - correu tudo bem.

 

O Sheridan e o Baileys sobreviveram!  ADORARAM!

 

 

Hoje vim logo para casa, mas daqui a nada vou com a Mãe Galinha matar saudades do people e ouvir os relatos da viagem, que pela vozinhas deles quando chegaram promete, ainda em cima escolheram bem o dia para viajar.

 

 

ps: Ó Pitau, tens a certeza que só os teus gatos é que usam o cagueiro?!?

 

estou....: com saudades
ouvindo:: sem som (ainda)


Segunda-feira, 11 de Junho de 2007

Uma volta a repetir

 

 

 

Sábado alvorada às 9:30, tomei um duche, o pequeno-almoço e fui com a Gajinha tomar café e levar as flores ao Ti Zei ; peguei na mochila, no saco cama e na geleira apanhei boleia do Prof. e da Mãe Galinha mais a Pitau.

 

Destino - Lamprina sem adolescentes!!!!

 

Ainda houve uma volta obrigatória em Stª Clara a Velha, pois o Rebento estava esfomeado mas com tanta volta a sopa não ficou "lá" dentro muito tempo. (as verdes ainda me sabem a sopa de espinafres!)

 

Tranquilidade não faltou, sem gritarias, sem algazarras, sem pressas, sem stress – perfeito.


Quer dizer "quase" perfeito, pois o Primo cook fez questão de nos melgar para pormos a mesa – já não se encontra cozinheiros que preparem a comida ponham a mesa e lavem a loiça sem recrutar ajudantes à força.

 

Os dias estiveram quentes mas o sol andava sempre escondido, mas nem assim dispensamos umas voltas de canoa e uns bons mergulhos na Barragem de Santa Clara para abrir a época "barreal".

O resto dos dias foi passado como de costume – à mesa.

A Prima também adorou, mas acho que para a próxima também vai dispensar uma Lady Bug que só queria andar dentro da água, nem as vespas a afugentaram.

 

A noite estava magnifica sem brisa de vento e como já vem sendo hábito um espectacular céu estrelado como nunca vi em outro lugar – sim tinha as lentes postas!

 

A Pitau dedicou-se à leitura e a Mãe Galinha acordava o Rebento se o moço dormisse mais de 2 horas seguidas - estava com medo que ainda houvesse restos da sopa.

 

 

Foi estranho ter tudo no sitio, não ter que carregar tralhas, nem chamar ninguém para comer - fiquei com vontade de repetir - a Gajinha e o Johnny  não devem ser da mesma opinião - aturar dois adolescentes num fim-de-semana, não é para todos. 

 

 

A chegada a casa trouxe-me de volta à "realidade"!

 

 

ps1: Primo, confesso que a travessa da salada era da Broa.

 

ps2: Ó Chefe, então e o peixe?

 

 

estou....: de volta
ouvindo:: The Hives - Here I go again


Domingo, 13 de Maio de 2007

pic-nic da Cat

 

 

Quando o Orelhas telefonou, pensei que o convite fosse para uma sardinhada, quer dizer, alguém entendeu mal e eu entendi pior ainda, as sardinhas transformaram-se numas belas costeletas e numa magnifica entremeada.

 

O tempo ameaçava chover, mas como sempre, o S. Pedro não nos deixou mal e passamos uma tarde fabulosa no Parque das Fontes em Estombar.

 

Para quem não conhece vale a pena lá ir, fica junto ao rio Arade e tem um moinho de maré que não estava funcionando nesta altura do ano, mas dizem que a água nasce entre as rochas calcárias formando uma piscina natural (daí o nome do parque! - estamos cada vez piores Pitau- miupes e surdas).

É melhor não perguntarem ao Prof o caminho para lá, senão chegam atrasados, é mais rápido por Lagoa direitos a Estombar.

 

O Cascão e a Lady Bug exploraram o parque todo, com o Badé atrás deles com a bola, a Broa corria atrás da bola e o Rebento atrás da Broa e claro por fim a Mãe Galinha, no final da tarde estavam todos estoirados.

 

O Primo esteve de folga da cozinha então  a Prima  ficou a trabalhar para o bronze, no final da tarde estava uma verdadeira benfiquista, o Chefe aproveitou a confusão para jogar às "escondidas".

 

Mas o motivo do picnic foi para comemorar o aniversário da Cat , com um lindo bolicao cheio de velas! (bem, eram só duas o bolo é que era muito pequeno)

 

 

Parabéns  Cat !! 

 

 

 

 

e bem vinda ao clube!

 

 

 

estou....:
ouvindo:: zarabéns a zoçê, zesta zata zerida....


Sábado, 14 de Abril de 2007

Zuma Záscoa ziferente

 

 

 

Foi um fim-de-semana cheio de Páscoas

 

 

O Prof . e a Mãe Galinha convidaram  o pessoal todo para passar a Páscoa na Barragem de Sta . Clara.

 

Eu e os adolescentes fomos lá ter na sexta, pois o Biso continua internado, e como não levamos a jipósia tivemos de fazer o caminho velho a pé!

 

Chegamos à hora do lanche, mas o pessoal ainda estava almoçando, foi uma tortura esperar pela dobrada do cozinheiro Primo, mas batemos de novo o recorde de pessoas sentadas à mesa.

E até a Broa teve companhia para brincar.

 

Boa disposição sempre, acompanhada pelo dueto Orquestras e Primo, onde se juntou o mais recente e novo talento Badé e a sua guitarra. A Lady Bug estava adoentada mas conseguimos que ela cantasse.

 

 

Mas depois do sol, do nevoeiro, do granizo e da lua - algo atingiu aquela zona e todos falavam de maneira esquisita... o que começou por brincadeira ainda tem efeitos hoje!

 

Zepois de zonseguirmos zantar O Zomem do Zeme e as Zunas, as zisitas zoram-se zeitar e zespediram-se com zum ZADEUS !!! Sonha comigo Barmen ...

 

ZA zantoria zainda zurou zate de zanhã, mas zainda zonseguimos zacordar zalguém :  ZITAU zou zozinha!!!!

 

ZOs zefeitos da zoite zestiveram zbem zresentes zurante o zia zeguinte, zepois da zalvorada do Zebento. A Zãe Zalinha bem zentou zescapar-se, mas o Zascão e a Zarocha zão zeixaram.

 

Zas zesmo zassim, o Zrof zeve que zedir zeforços à ZLand ZRover ZLima que zhegou zarregada de zerdinhas e de zelo, zara zacompanhar com a zaldeirada (Primo ainda tenho que fazer um esforço para me lembrar do nome do pitéu)

 

ZO zomento do zia foi a zanoagem do Zhefe, do Zrof e do Zarmen , que zonseguiram zoltar a zanoa zantes do zemo zocar a zagua, mas zão se zicaram por ai, zois zentaram zegar zogo à zoupa que zecava na zalamandra e zicou por zescobrir quem zusava zuas zuecas zois o zestendal zinha um zar a zais.

 

ZO zia zainda zicou zarcado pelo zalto à Zan Zamme da Zitau , zentão zecidimos ir zodos zeitar zedo zois o zia zesteve zarcado por zuitos zomentos.

 

Zas zoi já zarde que o ZOrelhas fez um zruque de zagia e a Zrima zomeçou a zumar SG Zopo - zomento zalto da zoite - mas a zulpa zoi zossa que a zeixamos zozinha, a Zady Zug zestranhou mas a ZAve Zara zem por zisso,  zá zestá zacinada!

 

Zão me zembro se já zantamos as Zunas e o Zomem do Zeme?

 

 

Zno zomingo zalmoçamos zarde e zantamos zedo, mas zainda zaramos na zaldeia para o zafé da zespedida.

 

Zoi a zrimeira zez que a ZMoovie zacampou zonnosco e zara zescrever zeste zim-de-zemana zutilizou um zúnico zadjectivo: Zalegres!!  (isto vindo duma jovem vintage dá que pensar)

 

 

 

 

Obrigada ao Prof . e à Mãe Galinha

por nos proporcionarem mais um fim-de-semana espectacular

 

 

e Zoas Záscoas para Zodos

 

 

 

  ps : quem não conseguir decifrar tudo na integra basta enviar um mail , que será enviada a zradução  

estou....:
ouvindo:: Zozinho na Zoite, zum zarco zurma


Segunda-feira, 12 de Março de 2007

Ah Fadistas!

 

Conforme prometia o convite do Primo, a festa foi de arromba.

O cinquentão metaleiro decidiu levar os trintões roqueiros a ouvir fado na Adega Nunes nos Machados.

 

Depois das entradas, devoramos a açorda de galo e o porco no forno e tudo bem regado com o vinho tinto (acho que era meio carrascão).

O bolo que a Pitau levou fez tanto sucesso no "seio" masculino, que andava passeando nas mesas da sala do lado (o nosso medo é que o comessem) mas chegou inteirinho à mesa para felicidade do Primo.

 

Silêncio que se vai cantar o fado!

 

Bolas não podiam ter começado sem nos mandar calar - é mais forte do que eu, e a gargalhada foi contagiante, nem eu nem a Padrinha nos conseguímos controlar. Também a letra da música não ajudava muito.

O que nos safou foi que o Chefe, o Padrinho, o Prof e o Babas cantaram o refrão bem alto! Os moços estavam disfarçados sabiam as músicas todas e faziam coro com os manos Vitor , Manel e Pedro, ainda havia mais manos mas não me consigo lembrar dos nomes.

 

Adorei ouvir a Lady Bug , acompanhada pelo pai aniversariante.

 

Mas não saímos de lá sem o "Bro" Pedro tocar o Homem do Leme e a Casinha, claro que por essa altura já tínhamos afugentado os resto dos clientes e o auge da actuação do "Bro" foi a versão UHF da Menina estás á Janela.

Também foi inesquecível a actuação do "Bro Vitor  Colorau" - nem a Mãe Galinha nem a  Mary  conseguiam parar de o aplaudir, depois de tantos fados convidaram-nos a sair pois já eram quase 3 da manhã e mais umas horas lá mudávamos o nome do sitio para Rock na Adega.

 

O resto da madrugada foi aqui na aldeia mesmo, nas provas dos sabores da Feiteira , Monchique e S. Barnabé.

E quando o aniversariante começou a ficar "sozinho" a Prima levou-o para casa!

 

Espero que nos deixem lá voltar, pois a noite de fados foi 5*

 

estou....: em recuperação
ouvindo:: sshhh


Quarta-feira, 14 de Fevereiro de 2007

Parabéns

 

 

A Lady Bug faz 12 anos!

 

Parabéns de nós todos

 

estou....:
ouvindo:: nesta data querida...muitas felicidades


Domingo, 21 de Janeiro de 2007

Reunião

 

Como já estava prometido, o Primo preparou um cozidinho para a malta se reunir.

 

Foi com algum esforço que me consegui levantar, pois a festa de ontem à almariou-me com tanto brinde.  

Quando cheguei à casa dos Primos já lá estava a Pitau e o Chefe, a Mãe Galinha e Prof chegaram logo a seguir. Os adolescentes enfiaram-se logo no quarto da Lady Bug agarrados à playstation e ao pc .

Enquanto o delicioso cozido apurava iamos comendo uns rebuçados, para abrir o apetite. Foi uma almoçarada divinal com o tiramisu da prima e o nespresso para finalizar.

 

E como já vem sendo costume, começaram os preparativos para a feijoada do próximo fim-de-semana.

Vim logo para casa  descansar, é que os fins-de-semana estão a tornar-se pequenos para tantas voltas.

 

 

 

 

estou....: reunida



.Janeiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.voltas obrigatórias

.às voltas desde Faro

As (revira) voltas de duas manas, depois da partida de alguém muito especial...

.subscrever feeds